Eu acabei de ver o (excelente) documentário Becoming Warren Buffett. Papo curto: depois de ver o documentário, eu sei qual é a melhor recomendação de investimento que você pode receber. Funcionou com ele, que é o maior investidor do mundo. E vai funcionar com você também.

E é uma coisa tão simples, tão simples, que eu não preciso de mil certificados de planejador financeiro para te contar. Na verdade, qualquer pessoa com poder de percepção pode te falar uma coisa dessas. E melhor ainda, ele é um dos únicos bons conselhos que você vai receber de graça (aqui no Brasil é comum você receber conselhos ruins pagando mais de R$ 1.000).

E a recomendação é: estude, adquira conhecimento, entenda o que você está fazendo e aí, sim, invista direito. Buffett passa horas e horas e horas lendo por dia. Ele absorve uma enorme quantidade de informações todo o dia e isso o faz um investidor melhor.

E isso permitiu que ele desenvolvesse uma metodologia que o garantisse ganhar dinheiro ao longo dos anos. Aqui, você pode desenvolver uma metodologia e passar horas e horas na plataforma da PenseRico estudando ações até encontrar aquelas que você vai querer estudar ainda mais a fundo.

Ele não sai dessa metodologia. Ele não foge do que sabe fazer. Ele procura boas empresas para comprar ações, não mil ideias mirabolantes para ganhar dinheiro. Buffett só é Buffett pois entendeu o que faz muito bem, se especializou e sabe exatamente cada passo que está dando.

O conhecimento, para Buffett, é uma ferramente tão útil quanto os juros compostos que ele tanto ama. Cada página que ele lê se junta a outras tantas que ele leu nos últimos anos. Em algum ponto do documentário, um de seus filhos destaca que ele é como um computador, mas que ninguém entendeu o tamanho do disco rígido até agora. Ele só adiciona e adiciona.

O conhecimento permitiu que ele tivesse um GRANDE conhecimento das empresas que investia e tivesse uma necessidade bem menor para diversificação. Se a diversificação era um seguro contra a ignorância, ele acreditava, mais conhecimento o faria menos ignorante e, portanto, tivesse menor necessidade de diversificação.

Isso fez com que ele ignorasse muitos bons investimentos que surgiram, mas que ele não tinha completo domínio do assunto. Ele ficou fora do mundo de tecnologia por MUITO tempo, por exemplo. E com razão, pois perderia ter perdido muito dinheiro nesta história.

Ele seguiu o seu plano, sem deslumbre, sem seguir falsas promessas. Com expectativa, buscando valor onde valor poderia ser encontrado, olhando os resultados e negócios das empresas que avaliava ao longo dos anos. É conhecendo elas a fundo que Buffett ganhou dinheiro.

Mas Buffett não ficou rico do dia para noite. Ele não fez loucuras financeiras para enriquecer mais rápido (inclusive, ele destaca os erros que ele cometeu também no documentário).

Posso fazer uma recomendação de uma boa leitura para se vacinar contra problemas comuns no mercado financeiro? Nos últimos anos, escrevi um livro sobre a história de Eike Batista. Quem investiu nele fez o contrário que Buffett fez: se encantou por promessas, não resultados. Ninguém sabia exatamente o que acontecia e tudo se resumia ao que eles falavam… deu no que deu, mas isso é papo para outra hora…

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here